Relação de forças ficará clara após 4 corridas, diz Hamilton

Lewis Hamilton acredita que só será possível determinar a relação de forças da F1 em 2018 após quatro provas, já que considera que o GP da Austrália não é conclusivo para fazer tais afirmações.

Na corrida em Melbourne, Mercedes, Ferrari e Red Bull se apresentaram à frente da concorrência, sendo que o time alemão levou vantagem no sábado, ao fazer a pole position, e no estágio inicial da prova.

Contudo, Hamilton acabou surpreendido pelo safety car virtual, período no qual foi superado por Sebastian Vettel, que venceu na abertura do campeonato.

Mesmo com seu ritmo, Hamilton rejeitou qualquer favoritismo e afirmou que ainda será preciso esperar um pouco mais para traçar quais equipes levam vantagem na luta pelas primeiras posições.

“Pela minha experiência, não dá para ter um real bom entendimento até [que sejam realizadas] quatro corridas”, disse o inglês. “No momento, apenas após uma corrida, não tenho ideia.” 

Para a próxima corrida, Hamilton acredita que mais uma vez terá concorrência de perto da Ferrari. “Vamos ao Bahrein e haverá muitos altos e baixos. A Ferrari é realmente rápida nas retas, eles serão velozes na próxima corrida e sempre são bons quando estamos em pistas quentes”, analisou.

“No Bahrein, mesmo que seja uma corrida noturna, ainda assim é duro com os pneus. Então, não tenho ideia – mas posso dizer que não será fácil e que será apertado.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias