Rumores de demissão fizeram Hartley mudar foco

compartilhar
comentários
Rumores de demissão fizeram Hartley mudar foco
22 de ago de 2018 15:22

Neozelandês diz que se sente mais forte do que no início do ano, e mostra confiança indo para o segundo semestre

Brendon Hartley disse que mudou como piloto por causa das especulações que rodeavam seu nome no início deste ano. O neozelandês está fazendo um ano inteiro na Toro Rosso em 2018, depois de ser chamado pela Red Bull no final de 2017 para substituir Daniil Kvyat.

Uma série de resultados difíceis provocaram uma intensa especulação de que Hartley poderia ser substituído antes do fim da temporada.

Hartley disse ao Motorsport.com: “eu me sinto muito mais forte do que no início do ano, muito mais seguro de mim mesmo”.

“Ter muitos rumores e perguntas difíceis para responder com apenas três ou quatro corridas na temporada foi uma grande surpresa para mim, mas foi positivo porque me fez mudar minha atitude, me fez manter meu foco nas áreas certas. Eu também estava feliz por poder me provar em uma situação de alta pressão que eu poderia me superar. Esse foi um momento decisivo para mim. Eu estava sob muita pressão, e isso me fez analisar minha abordagem, como administro meu tempo e onde coloco minha energia mental.”

Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13

Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13

Photo by: Mark Sutton / Sutton Images

Hartley admitiu ao Motorsport.com no início deste ano que teve que se lembrar de gostar de correr na F1 em meio a especulações iniciais.

"Não que eu estivesse preocupado com o que as pessoas estavam dizendo ou falando", ele disse. “Eu acho que até certo ponto você está sempre ciente”.

“Eu me sinto muito mais focado em mim mesmo agora. Eu me sinto muito melhor por causa disso.”

Questionado sobre o apoio que sente de sua equipe e da Red Bull, Hartley disse: “eu me sinto um membro valioso da Toro Rosso”.

“Nunca é só uma pessoa, estou trabalhando com um grande número de engenheiros no dia a dia. Sinto que faço isso de maneira profissional. Em termos de alta gerência, houve especulação e pressão, o que foi uma surpresa para mim tão cedo.”

“Mas eu tenho uma boa sensação, meu foco está na área certa. Todo mundo tem sido positivo com o que tenho feito em conjunto com a equipe."

Enquanto Hartley marcou apenas dois pontos no Azerbaijão e na Alemanha, Gasly tem 26, depois de ser sétimo em Mônaco, sexto na Hungria e quarto no Bahrein.

Gasly substituirá Daniel Ricciardo na Red Bull no ano que vem, o que pode fortalecer a tentativa de Hartley de permanecer na Toro Rosso, já que a empresa de bebidas energéticas não tem muitas alternativas.

Hartley acredita que seu progresso foi reconhecido na equipe, mesmo que não pareça tão grande para os espectadores, e diz que não será distraído por pensamentos sobre seu futuro.

"Acredito firmemente que as outras coisas cuidarão de si mesmas", disse Hartley.

"Não faz sentido desperdiçar energia mental olhando muito à frente."

Brendon Hartley, Toro Rosso STR13

Brendon Hartley, Toro Rosso STR13

Photo by: Zak Mauger / LAT Images

Próxima Fórmula 1 matéria
Consultor da Red Bull: Alonso precisa de um time só para ele

Previous article

Consultor da Red Bull: Alonso precisa de um time só para ele

Next article

ANÁLISE: O que há por trás da mais recente intriga tecnológica da Ferrari?

ANÁLISE: O que há por trás da mais recente intriga tecnológica da Ferrari?
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Brendon Hartley
Equipes Toro Rosso Shop Now
Tipo de matéria Últimas notícias