Sainz: mudança prematura para a Renault valeu a pena

Espanhol reconhece que foi desafiador trocar de equipe com ano em andamento, mas destaca que aprendizado o ajudará a iniciar 2018 mais forte

Carlos Sainz considera que a mudança para a Renault ainda na temporada de 2017 lhe trouxe grandes benefícios, já que isso o ajudará a ser ainda mais competitivo no ano que vem.

O espanhol começou o ano pela Toro Rosso, equipe pela qual competia desde 2015. Contudo, ele acabou trocando de casa no GP dos Estados Unidos, já na reta final de 2017, iniciando sua passagem pelo time que continuará no ano que vem.

Mesmo que reconheça ser difícil trocar de equipe com o ano ainda em andamento, Sainz acredita que os aprendizados foram valiosos.

“Se no começo de março alguém me dissesse que a temporada seria como foi, eu teria ficado feliz. Eu queria dar um passo à frente depois de 2017, mas esse passo à frente chegou quatro corridas antes do esperado”, disse.

“Poder correr nessas quatro corridas pela equipe pela qual competirei em 2018 é obviamente um desafio, com muito trabalho.”

“Houve muito esforço nessas últimas quatro corridas, mas já valeu a pena e valerá a pena no futuro.”

Em 2018, Sainz permanece na equipe ao lado de Nico Hulkenberg. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Carlos Sainz Jr.
Tipo de artigo Últimas notícias