Verstappen: retas de Melbourne serão dolorosas para Red Bull

Max Verstappen teme que a Red Bull enfrentará momentos “dolorosos” nas retas, sendo que a fornecedora de motores da equipe, a Renault, ainda não reduziu a diferença para a Mercedes.

Apesar de a Red Bull aparentar ter obtido ganhos com seus chassis e surgido como uma candidata a ser a principal rival da Mercedes na luta por vitórias, Verstappen está mais cauteloso quanto ao potencial da equipe.

Ele acredita que seu time poderá estar em desvantagem caso haja uma diferença grande em termos de potência para a concorrência.

“Acho que o carro, se comparado ao ano passado, definitivamente teve boas melhorias”, disse o holandês.

“Com certeza todos melhoraram, mas minha sensação pessoal é que temos um carro bem forte. Mas temos que esperar e ver como nosso pacote geral será nas retas daqui.”

“Definitivamente será um pouco doloroso. Mas, com certeza, estou otimista, mas também realista. Temos que esperar e ver.”

Questionado se sentia que a Renault evoluiu tanto com seu motor como a Red Bull evoluiu com seu chassi, ele respondeu: “Hum, nem tanto.”

Apesar de a Red Bull torcer para que a Renault progrida durante 2018, Verstappen acha que é importante que a equipe se esforce bastante com seu carro.

Quando perguntado se o motor era o único fator que impedia que a Red Bull lutasse pelo campeonato, respondeu: “E o desenvolvimento do carro. Temos que dominar isso em comparação a Mercedes e Ferrari.”

“Acho que, no passado, esse sempre foi um ponto forte da Red Bull, o desenvolvimento durante a temporada. Temos de esperar e ver como será neste ano novamente. É um ano diferente.”

“Tenho confiança na equipe. Eles podem construir um grande carro e manter isso. Mas, como disse antes, é mais o pacote geral que precisa estar no rumo certo.”

Reportagem adicional de Erwin Jaeggi

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Max Verstappen
Equipes Red Bull Racing
Tipo de artigo Últimas notícias