Vitória em Silverstone foi meu ponto de virada, diz Hamilton

compartilhar
comentários
Vitória em Silverstone foi meu ponto de virada, diz Hamilton
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
4 de set de 2017 21:50

Inglês, que recentemente assumiu a liderança do campeonato, acredita que vitória em casa “provocou um incêndio” dentro dele

Race winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 celebrates on the podium
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Race winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, second place Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 celebrate with the team
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08 leads at the start of the race
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, signs autographs for fans

Lewis Hamilton considera que sua vitória no GP da Inglaterra foi o ponto de virada para sua temporada na F1, já que ela “provocou um incêndio” dentro dele.

O piloto da Mercedes assumiu a liderança do campeonato pela primeira vez neste ano ao vencer em Monza, no último domingo, naquela que foi sua terceira vitória em quatro corridas após a prova de Silverstone.

Hamilton disse que tem guiado com mais “coração e paixão” desde que venceu a corrida em sua terra natal.

Apesar de Hamilton ter empatado em pontos com Sebastian Vettel após o GP da China, quando ambos tinham uma vitória e um segundo lugar, agora ele está isolado na ponta da tabela, com uma pequena vantagem – 238 a 235.

“É um sentimento empoderador, com certeza. Porque essa é uma procura constante por perfeição, o que é necessário para superar a Ferrari, já que eles têm sido excepcionais pelo ano inteiro”, disse Hamilton.

“Você chega a uma temporada e há certas decisões que você precisa tomar na vida, não necessariamente sabendo como elas irão afetar seu futuro e na forma com que você vai render.”

“Essas corridas foram realmente sólidas. Acho que tenho sentido mais coração e paixão dentro de mim. Eu encontrei mais nas últimas três ou quatro corridas.”

“Acho que Silverstone foi o verdadeiro fim de semana que me deu força, e foi mais ou menos dali que veio a faísca que provocou um incêndio dentro de mim, e isso tem se refletido na minha pilotagem e na forma com que eu trabalho com a equipe. Estar liderando, mesmo que seja por alguns poucos pontos, é algo que me deixa grato.”

“De forma alguma eu me sinto confortável. Vou me dedicar da mesma forma que me dediquei nas últimas três ou quatro corridas. No começo do ano, tínhamos 20 pontos separando nós dois, então quero ver se possamos ter esse sentimento por um tempo.”

Tendo vencido ambas as corridas desde as férias de agosto, Hamilton admitiu que voltou à ação em plena forma.

“A temporada inteira é uma tacada só, no ano inteiro, e acho que eu estava nesse ritmo até mesmo durante as férias. Eu programei perfeitamente quando eu saí e recarreguei as baterias, e é isso que elas estão cheias e prontas para ir em frente”, comentou.

“É como um pacote do ERS. Perto do fim da temporada você está andando com a bateria em baixa, enquanto que eu estou operando lá em cima. É uma boa sensação.”

“Como eu sinto que sempre guio com o coração, meu coração é o motor e a potência por trás daquilo que faço. Minha mente é como o leme, e sinto que ele está indo na direção certa com relação à minha preparação.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Astros de Game Of Thrones pegam carona em um F1 na Itália

Previous article

Astros de Game Of Thrones pegam carona em um F1 na Itália

Next article

Porsche confirma interesse em entrar na F1 em 2021

Porsche confirma interesse em entrar na F1 em 2021
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton Shop Now
Equipes Mercedes Shop Now
Autor Adam Cooper
Tipo de matéria Últimas notícias