Wehrlein está em “longa lista” para segunda vaga na STR

compartilhar
comentários
Wehrlein está em “longa lista” para segunda vaga na STR
29 de set de 2018 11:12

Consultor da Red Bull no automobilismo, Helmut Marko afirmou que Pascal Wehrlein está em uma “longa lista” de candidatos para a segunda vaga na Toro Rosso em 2019.

No sábado, a equipe confirmou a recontratação de Daniil Kvyat, o que deixa o outro cockpit, atualmente ocupado por Brendon Hartley, ainda sem oficialização.

Wehrlein é uma possível opção para a Toro Rosso, já que ele rompeu seus laços com a Mercedes e se tornou uma opção livre no mercado.

Entende-se que ele se reuniu com Marko em Graz, na Áustria, na última semana.

Marko, por sua vez, admitiu que a disponibilidade de Wehrlein o torna um candidato.

“É uma história diferente agora, sim”, disse ao Motorsport.com. “Não tomamos ainda nenhuma decisão. Ele está em uma longa lista.”

O chefe da Red Bull, Christian Horner, minimizou a possibilidade, contudo, indicando que o alemão já está comprometido com outra categoria.

“No meu entendimento, ele fará a Fórmula E no ano que vem”, disse o dirigente ao Motorsport.com.

Questionado se isso poderia mudar caso Wehrlein tivesse uma oferta na F1, Horner disse: “Essa é uma discussão que teremos internamente.”

“Há várias opções disponíveis. Acho que temos bastante tempo. Não acho que precisamos estar apressados.”

Marko também deu a entender que Esteban Ocon seria um interesse se, assim como aconteceu com Wehrlein, ele rompesse seus laços com a Mercedes – algo que Toto Wolff já esclareceu que não vai acontecer.

“Se ele estiver livre de todos os contratos, poderíamos discutir isso”, disse. “Digo todos os contratos. Temos uma vaga, a Mercedes não tem uma vaga.”

Questionado também sobre o que Hartley precisaria fazer para manter sua vaga, ele disse: “Bata Gasly. Há cinco ou seis corridas faltando.”

Marko insistiu, porém, que Mick Schumacher, filho de Michael Schumacher, não é um candidato, mesmo que ele venha passando por uma fase de sucesso na F3 Europeia.

“Não, definitivamente não”, disse o austríaco. “Acho que é cedo demais para ele. Vamos ver o que acontece na F2.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Hamilton lidera novo domínio da Mercedes no TL3 na Rússia

Previous article

Hamilton lidera novo domínio da Mercedes no TL3 na Rússia

Next article

Bottas bate Hamilton e conquista a pole para o GP da Rússia

Bottas bate Hamilton e conquista a pole para o GP da Rússia
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Pascal Wehrlein
Equipes Toro Rosso Shop Now
Tipo de matéria Últimas notícias