Williams oficializa Sirotkin ao lado de Stroll para 2018

Russo, de 22 anos, fará sua estreia na F1 na atual temporada, assumindo vaga deixada em aberto por Felipe Massa

A Williams anunciou que Sergey Sirotkin fará sua estreia na F1 na temporada de 2018 como companheiro de Lance Stroll.

Robert Kubica foi o favorito inicial para assumir a vaga que ficou aberta por Felipe Massa, mas foi superado pelo russo e por sua impressionante apresentação durante os testes da Pirelli em Abu Dhabi.

A Williams afirmou que o processo de escolha de seu piloto seria baseado puramente em performance, e acredita-se que Sirotkin tenha sido claramente o mais veloz em Yas Marina com os tempos corrigidos.

O Motorsport.com entende que o russo assinou um contrato válido por vários anos.

A definição dos detalhes do contrato levou várias semanas, sendo que a estimativa é de que Sirotkin tenha levado um aporte financeiro de £ 15 milhões (R$ 66 milhões na cotação atual).

Sirotkin, de 22 anos, e Stroll, 19, formarão a dupla mais jovem do grid.

“Depois de um longo processo de avaliação de pilotos, estou satisfeita em anunciar que nossa dupla de 2018 está completa. Estou empolgada para ver o que a próxima temporada nos trará”, disse Claire Williams, chefe da equipe.

“Usamos nosso tempo para avaliar todas as opções disponíveis, e estou confiante que Lance e Sergey possam trazer os melhores resultados para a equipe.”

“A filosofia da Williams sempre foi promover e desenvolver jovens talentos, e Sergey se encaixa corretamente nisso.”

“Lance teve uma temporada de estreia marcada por recordes, e, agora com uma temporada de experiência, estará pronto para 2018.”

Diretor técnico da Williams, Paddy Lowe acrescentou: “Conduzimos um processo de avaliação rigoroso e extensivo em nossos pilotos.”

“No fim, Sergey impressionou a equipe com seu ritmo e talento, feedback técnico e ética de trabalho, tanto na fábrica quanto na pista, em Abu Dhabi.”

Sirotkin passou as duas últimas temporadas pela Renault, como piloto de testes reserva.

Ele realizou seis treinos livres de GP e dois dias de testes com o time francês antes de sentar em um carro da Williams pela primeira vez, em Abu Dhabi.

“Dizer que estou feliz e orgulhoso ao me juntar a uma equipe famosa como a Williams não faz jus ao meu sentimento”, disse Sirotkin.

“Foi preciso muito trabalho para chegar onde cheguei, e estou realmente feliz e grato a todos os envolvidos.”

 
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sergey Sirotkin
Tipo de artigo Últimas notícias