Michelin leva 12 pneus diferentes para Termas de Río Hondo

compartilhar
comentários
Michelin leva 12 pneus diferentes para Termas de Río Hondo
Germán Garcia Casanova
Por: Germán Garcia Casanova
3 de abr de 2018 20:44

Fabricante quer cobrir todas as possibilidades que podem ser apresentadas durante o GP da Argentina

Autodromo Termas de Rio Hondo
Michelin Technician
Michelin technicians
Michelin tyres
Michelin tyres

A Michelin não quer surpresas em Termas de Río Hondo , em um circuito em que as condições da pista mudam rapidamente. Para este ano metade da pista foi reformada, além de ter previsão de chuva.

A combinação de todos esses fatores torna tudo um mistério no que os pilotos podem encontrar a partir da sexta-feira, quando saírem para a primeira sessão de treinos livres do GP da Argentina.

Conforme anunciado pelo Motorsport.com, a Michelin decidiu, na época, enviar um composto adicional (médios dianteiros e médios traseiros), além dos três que normalmente leva a cada corrida nesta temporada. Assim, além de macio/médio/duro para Termas, um quarto composto foi adicionado, um outro tipo de médio, de modo que haverá dois pneus com compostos diferentes, tanto para frente, como traseiro.

A Michelin considerou que os quatro pneus dianteiros são simétricos, os pneus traseiros (macios e os dois médios) também, enquanto que o composto duro será assimétrico, um pouco mais para o lado direito.

Um dos fatores que levou à ampliação do alcance da Michelin para este evento foi a reforma de parte da pista, especificamente 2,4 dos 4,8 quilômetros, enquanto o restante permanece o mesmo. Com isso, se espera que acabe com as ondulações que estavam na primeira parte da pista.

Pneus de chuva

Mas a chuva pode ser outro fator que condicionará a corrida. A previsão é de uma alta porcentagem de chuvas na sexta-feira (65%) e no sábado (70%) que diminuirá no domingo (25%).

A Michelin também previu essa opção e deslocou em seus contêineres dois pneus dianteiros para chuva, macios e médios, simétricos. E dois outros traseiros, macios e médios, assimétricos com um perfil ligeiramente mais rígido à direita.

Next article
Márquez é cauteloso: “não podemos baixar a guarda”

Previous article

Márquez é cauteloso: “não podemos baixar a guarda”

Next article

Crutchlow: Honda ainda é a moto mais difícil de andar

Crutchlow: Honda ainda é a moto mais difícil de andar
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Argentina
Localização Autodromo Termas de Rio Hondo
Autor Germán Garcia Casanova