Hamilton confia na Mercedes se ordens de equipe começarem

compartilhar
comentários
Hamilton confia na Mercedes se ordens de equipe começarem
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
Traduzido por: Daniel Betting
1 de set de 2017 21:54

Britânico reconhece que em algum momento poderia precisar de um favor por parte de Bottas

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1

Durante o GP da Bélgica, Toto Wolff reconheceu que a Mercedes poderia ter que considerar casos específicos em que eles deveriam tomar decisões para ajudar a maximizar suas chances no campeonato de pilotos e construtores.

Por sua parte, Lewis Hamilton afirmou em várias ocasiões que ele quer igualdade na disputa do campeonato com seu companheiro Valtteri Bottas, mas, apesar disso, reconhece que em algum momento poderia precisar de um favor por parte do finlandês.

"Pessoalmente, não falei com a equipe para perguntar ou pedir", disse Hamilton. "Esse não é o meu trabalho, meu trabalho é chegar lá e fazer o meu melhor".

"Eu espero que, em algum momento, o time tome uma decisão por conta própria e acho que temos pessoas boas responsáveis pelo time, pessoas como Niki Lauda e Toto, que com sorte saberão, no momento certo, o que é melhor para a equipe".

"Este ano eu senti que tinha todo o apoio que eu precisava".

Hamilton disse que não sabe como ele se sentirá se receber o status de piloto número um da equipe, já que ele nunca esteve nessa situação antes.

"Não sei, seria algo incomum para mim. Acredito que todos nós pensamos como a Ferrari trabalhou nos últimos anos, mas cabe a eles e foram uma das equipes mais bem-sucedidas".

"A situação em que eu estive durante muitos anos não é como na Ferrari e provou ser muito boa, mas os campeonatos foram perdidos por isso".

"Quando eu cheguei a este time e em todas as equipes para as quais participei, pedi uma oportunidade de igualdade, e eu gosto de ser quem faz a diferença".

"Como você sabe, é um esporte em que a equipe desempenha um papel importante, você não pode fazer muitas diferenças. Para Sebastian é um pouco mais fácil por causa das batalhas que teve".

"Eu não posso dizer-lhe honestamente o que sentiria. Se isso acontecer, eu vou deixar você saber".

Próxima Fórmula 1 matéria
McLaren: Desempenho será o que definirá motor de 2018

Previous article

McLaren: Desempenho será o que definirá motor de 2018

Next article

Massa lidera último treino atrapalhado por forte chuva

Massa lidera último treino atrapalhado por forte chuva
Load comments