McLaren: começo de 2018 é mais difícil que o esperado

compartilhar
comentários
McLaren: começo de 2018 é mais difícil que o esperado
Por: Edd Straw
Co-autor: Scott Mitchell
10 de abr de 2018 14:20

A McLaren admitiu que o começo da temporada de 2018 da F1 tem sido mais difícil do que esperava, mesmo que ocupe a terceira posição no Mundial de Construtores.

Fernando Alonso, McLaren MCL33 Renault
Fernando Alonso, McLaren MCL33 Renault, Esteban Ocon, Force India VJM11 Mercedes, and Brendon Hartle
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33 Renault
Fernando Alonso, McLaren MCL33
Fernando Alonso, McLaren MCL33 pit stop
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33 on the grid
Fernando Alonso, McLaren MCL33 Renault
Fernando Alonso, McLaren MCL33 Renault

A equipe inglesa encerrou sua relação problemática com a Honda, que durou três anos, e mudou para os motores Renault. Contudo, o time sofreu problemas de confiabilidade nos testes. 

A McLaren se envolveu em uma acirrada batalha no meio do pelotão na abertura do campeonato, na Austrália, e ficou um pouco mais para trás na classificação do GP do Bahrein, o que deixou o diretor esportivo do time, Eric Boullier, surpreso.

Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne conseguiram marcar pontos pela segunda vez consecutivas em Sakhir; contudo, Boullier disse ao Motorsport.com que, definitivamente, foi um começo de temporada mais difícil do que o esperado.

“Temos um bom ritmo de corrida, o que nos ajuda na recuperação, mas nos beneficiamos de circunstâncias de corrida”, disse.

“Marcamos os pontos que tínhamos que marcar, fizemos um bom trabalho para nos recuperar em confiabilidade [depois da pré-temporada], então os rapazes fizeram um bom trabalho na fábrica.”

“Agora, precisamos acertar tudo no sábado e no domingo.”

Os resultados da McLaren foram impulsionados pelo fato de equipes como Red Bull e Haas terem desperdiçado oportunidades de marcar ainda mais pontos.

Boullier admitiu que era levemente “divertido” estar em terceiro lugar no campeonato e que, de certa forma, “deveria estar aliviado” com o resultado.

Contudo, após a corrida, ele ainda estava infeliz com mais um GP do Bahrein ruim, já que se trata da corrida local da acionista da McLaren, a Mumtalakat Holdin Company.

“Nós calculamos errado o fim de semana em termos de acerto. É um erro que já cometemos e que não queremos repetir.”

“Precisamos estar onde acreditamos que deveríamos e não podemos cometer tantos erros assim.”

Depois do GP da Austrália, Alonso declarou que a McLaren poderia se esquecer do pelotão intermediário e começar a mirar a Red Bull, mas admitiu no Bahrein que isso não seria possível até que o MCL33 receba grandes e importantes desenvolvimentos.

“O carro que temos aqui na pista e o carro que estamos desenvolvendo na fábrica são diferentes”, disse o espanhol.

“Aquele carro [da fábrica] está corrigindo todas nossas fraquezas, então precisamos trazer esse carro o mais rápido possível.”

Boullier insistiu que tinha 100% de confiança na equipe técnica da McLaren, e explicou que parte dos problemas do Bahrein se deu à dificuldade de extrair o máximo dos pneus e que os carros carregam muita pressão aerodinâmica. 

Os problemas da McLaren na pré-temporada forçaram a equipe a mudar seu cronograma de evoluções, e Boullier acrescentou: “É por isso que temos muita coisa por vir e é por isso que Fernando está tão otimista em termos de melhorias para as próximas corridas.”

“Espero que isso seja suficiente para deixar o pelotão intermediário para trás.”

A antiga parceira da McLaren, a Honda, obteve seu melhor resultado desde que voltou à F1, com o quarto lugar de Pierre Gasly no Bahrein. “Sempre dissemos que desejamos o melhor para a Honda e eles tiveram um bom carro”, disse Boullier. 

“Eles não cometeram nenhum erro e ficaram em quarto, o que é bom. Muito bem.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Brown assume papel de CEO em reestruturação da McLaren

Previous article

Brown assume papel de CEO em reestruturação da McLaren

Next article

Verstappen rebate insulto de Hamilton após GP do Bahrein

Verstappen rebate insulto de Hamilton após GP do Bahrein

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes McLaren
Autor Edd Straw
Tipo de matéria Últimas notícias