McLaren e Renault são grandes ameaças, reconhece Force India

compartilhar
comentários
McLaren e Renault são grandes ameaças, reconhece Force India
Por: Lawrence Barretto
22 de jan de 2018 12:03

Depois de dois quartos lugares nos dois últimos mundiais, chefe de equipe indiana vê disputa no pelotão intermediário ainda mais parelha em 2018

Fernando Alonso, McLaren MCL32, leads Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team RS17, and Esteban Ocon, Force India VJM10
Fernando Alonso, McLaren MCL32, Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team RS17, Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10
Fernando Alonso, McLaren MCL32, Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10, Nico Hulkenberg, Renault
Fernando Alonso, McLaren MCL32, Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10, Nico Hulkenberg, Renault
Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10, Felipe Massa, Williams FW40, Fernando Alonso, McLaren MCL

Chefe da Force India, Bob Fernley reconheceu que as rivais McLaren e Renault representarão uma ameaça “significativa” para a equipe na temporada de 2018 da F1.

A Force India garantiu o quarto lugar no Mundial de Construtores pelo segundo ano consecutivo, terminando confortáveis 104 pontos à frente da quinta colocada, a Williams.

Mas Fernley está ciente de que a Renault está em momento de crescimento, tendo tomado o sexto lugar no campeonato na prova final, em Abu Dhabi, quando Nico Hulkenberg completou à frente dos dois pilotos da Force India.

Enquanto isso, a McLaren, que, assim como a Renault, possui um orçamento notavelmente maior do que a Force India, está trocando as unidades de Honda pelo Renault em 2018.

“Elas são uma ameaça significativa e precisamos levar a sério. Precisamos fazer nosso trabalho para garantir que consigamos lidar com isso”, disse Fernley ao Motorsport.com.

“Não podemos dar margem a esses carros. As três equipes estarão presas em uma batalha intensa.”

A Force India possui um dos menores orçamentos do grid, com cerca de £ 90 milhões, sendo que Renault possui £ 150 milhões e McLaren, £ 185 milhões.

“Sempre será difícil competir contra orçamentos maiores, mas nós fizemos isso nos últimos dois anos, então não há motivos por que não poderíamos fazer em um terceiro”, disse.

A Force India iniciou a temporada de forma consistente e confiável, o que a permitiu abrir vantagem no pelotão intermediário, permanecendo atrás somente das três grandes.

Quando questionado se a ameaça maior de McLaren e Renault mudaria a abordagem da Force India, Fernley respondeu: “Não acho.”

“Se você olhar para o começo da temporada, que foi a parte difícil, nós não havíamos domado o carro. Então, tivemos que usar muito mais estratégia, confiabilidade e boa pilotagem.”

“Isso precisa permanecer para o próximo campeonato, mas, acima de tudo, espero que tenhamos a performance ideal.”

“Ainda haverá a diferença para o top 3, mas haverá três equipes lutando pelo quarto lugar.”

Próxima Fórmula 1 matéria
F1 se concentra em três fatores técnicos para definir futuro

Previous article

F1 se concentra em três fatores técnicos para definir futuro

Next article

Tempos de Rossi com a Ferrari impressionaram Schumacher

Tempos de Rossi com a Ferrari impressionaram Schumacher
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes McLaren Shop Now , Force India , Renault F1 Team
Autor Lawrence Barretto
Tipo de matéria Últimas notícias