Motor de Alonso em Spa está pronto para ser usado de novo

compartilhar
comentários
Motor de Alonso em Spa está pronto para ser usado de novo
Por: Lawrence Barretto
31 de ago de 2017 10:37

Honda diz que unidade de potência que espanhol citou ter sofrido problemas no GP da Bélgica poderá voltar à pista neste fim de semana

Fernando Alonso, McLaren MCL32, battles, Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team RS17, Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10
Race retiree Fernando Alonso, McLaren
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team RS17, Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10, Fernando Alonso, McLaren MCL32, get involved in a three-way fight in to the first corner
Fernando Alonso, McLaren MCL32, Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team RS17, Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Fernando Alonso, McLaren
Fernando Alonso, McLaren MCL32

O motor usado por Fernando Alonso no GP da Bélgica está pronto para ir à pista novamente após a Honda ter realizado checagens sobre o abandono do espanhol em Spa.

Alonso deixou a prova belga reportando problemas no motor pelo rádio, mas a Honda afirmou após a prova que não encontrou nada nos dados que indicassem que havia um problema.

O Motorsport.com apurou que a unidade de potência foi levada de volta a Milton Keynes para análise, mas a Honda não conseguiu encontrar nada de errado. Como resultado, o conjunto foi colocado novamente à disposição para uso.

O motor está disponível para uso na Itália, mas ainda não está claro se isso vai acontecer, já que a Honda considera aplicar uma atualização no carro de Alonso.

A fabricante japonesa levou as novidades para a Itália, mas ainda está indecisa se irá introduzi-la. Uma decisão final será tomada na quinta-feira à noite.

Caso a Honda coloque a novidade para andar, com foco maior em ganho de potência, apenas Alonso irá contar com ela, e é provável que a Honda tenha de mudar o motor inteiro.

 Isso resultaria em uma punição de 35 posições no grid, o que o faria largar no GP da Itália de domingo do fundo do pelotão.

Honda e McLaren tentam utilizar as punições no grid de forma tática para assegurar que eles possam maximizar resultados em circuitos em que sentem que podem obter um bom resultado.

Assim, a punição em Monza faria sentido, já que a corrida seguinte, em Cingapura, é a melhor chance de um bom resultado para a McLaren no restante da temporada.

Alonso indicou em Spa que era provável que ele recebesse punições em Monza, quando disse que iria retribuir o favor a Stoffel Vandoorne ao oferecer a ele seu vácuo no treino classificatório.

Próxima Fórmula 1 matéria
F1 pensa em eliminar punições de grid e DRS no futuro

Previous article

F1 pensa em eliminar punições de grid e DRS no futuro

Next article

GALERIA: Os últimos 10 vencedores do GP da Itália

GALERIA: Os últimos 10 vencedores do GP da Itália
Load comments