Ricciardo deve receber penalidade de grid no Brasil

Piloto da Red Bull deve receber uma penalidade no grid do GP do Brasil após o falha do motor Renault no México

A Renault enfrentou uma série de problemas na Cidade do México, com Ricciardo, da Red Bull, Nico Hulkenberg da Renault e Brendon Hartley, da Toro Rosso, abandonando.

Ricciardo tomou uma série de penalidades de grid para essa corrida, seguindo as mudanças nos componentes do motor, em uma tentativa de se livrar de punição para a corrida de domingo em Interlagos, mas depois teve problemas.

Ricciardo sugeriu que o fracasso da MGU-H no México significaria que ele precisaria de uma nova peça, que será a oitavo da temporada, provocando uma penalidade.

"Talvez eu tenha que tomar outra penalidade, é provável nesta fase", disse Ricciardo. "Nós talvez possamos evitá-lo, mas provavelmente vai nos colocar em risco de não terminar”.

"Nós tentamos evitá-lo na semana passada, mas ainda não aconteceu. Provavelmente não será grande, mas, se for, pode ser uma queda de dez lugares".

Quando perguntado pelo Motorsport.com se ele preferiria correr o risco ou tomar uma penalidade para ter certeza, Ricciardo respondeu: "Vamos discutir isso hoje. Se eles dizem que você tem 10% de chance de terminar a corrida com isso, então eu vou querer mudar”.

"Se tiver 50% de chance, eu assumirei o risco. Tenho a sensação de que é provavelmente menos de 50%, se mantivermos as peças, o que ainda não estou 100% seguro”.

"Chegando no fim de semana, nós tivemos um relatório pré-corrida do engenheiro. É provável que tenhamos que tomar uma penalidade".

Max Verstappen teve a maioria dos problemas de confiabilidade na primeira metade da temporada, mas é o companheiro de equipe que sofreu mais após as férias de verão.

"É o que é. Eu não olho muito para esse lado. Se eu não terminar, fico desapontado, mas não penso em como teria sido diferente se acontecesse antes. É frustrante quando você não termina, mas, infelizmente, faz parte do esporte. Sempre vai acontecer assim”.

"NO começo do ano, quando eu tinha corrido por pódios e a vitória em Baku, eu estava dando tudo o que pude. A oportunidade estava na minha frente, então eu aproveitei”.

"Baku era uma situação louca e eu entendi. Mas eu sei que essas coisas vem e vão. Celebro os bons dias, pois não acontecem todos os fins de semana”.

"É algo para lidar. É frustrante, mas é o esporte para o qual me inscrevi."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Pista Interlagos
Pilotos Daniel Ricciardo
Equipes Red Bull Racing
Tipo de artigo Últimas notícias